Tagged: liberdade

0

Angela Davis, Racismo e Feminismo Negro

Discurso de Angela Davis no Dia da Mulher Negra Latina e Caribenha,
25.07.2017, na Universidade Federal da Bahia
ANGELA DAVIS
Eu não tenho nem condições de expressar a vocês o quanto estou emocionada por estar aqui nesta noite. Para mim, é assim que deveria ser a aparência da universidade. Quero agradecer à Ângela Figueiredo, ao Odara. Quero agradecer também ao NEIM pelo convite para homenagear o dia 25 de julho. Essa é minha quarta visita a Bahia e sexta ao Brasil.
Neste momento, me sinto extremamente envergonhada por ainda não ter aprendido português. Esse é o meu próximo projeto. Estou muito feliz por estar aqui celebrando com vocês o Dia da Mulher Negra Latina e Caribenha. Na Bahia, o Julho das Pretas. Estou muito entusiasmada por estar aqui no Brasil, especialmente porque tenho acompanhado os acontecimentos que vêm se desenvolvendo dentro do movimento das mulheres negras.
Ver mais…

0

Nota Crítica ao “Existencialismo é um Humanismo” de J. P. Sartre

Essa nota não pretende ter a amplitude de uma crítica ao pensamento de Sartre como um todo.

Trata-se apenas de uma glosa sobre o discurso de Sartre publicado com o nome de “O Existencialismo é um Humanismo”, um texto pequeno, por demais superficial, escrito para ser proferido em uma palestra e, por fim, pregresso na obra do autor, que posteriormente chegou a rejeitá-lo.

0

“Higesipo Brito” por Higesipo Brito (Cap. XIV)

Higesipo e Leila – Colação de Grau em Magistério Liceu Imaculada Conceição – Nova Lima – Dez. 1966 AS MEMÓRIAS DE UM MENINO, DE UM RAPAZ, DE UM HOMEM HIGESIPO BRITO Ouvidas as testemunhas, passou-se ao debate...

0

Immanuel Kant [II]

Kant: o ser humano entre natureza e liberdade VALERIO ROHDEN O ser humano entre natureza e liberdade Os textos de Kant, reproduzidos no presente livro, pertencem aos §§ 83 e 84 da terceira Crítica...

3

Immanuel Kant [I]

Kant: o ser humano entre natureza e liberdade VALERIO ROHDEN [1] Teria sentido estudar Kant? Quase todo mundo pode ir hoje a Königsberg – a cidade onde Immanuel Kant (1724-1804) nasceu – em aviões...

7

Fēmĭna

Primeiro eu parei diante do mar, e me deixei ficar um longo tempo, em capturada espera, ouvindo o refluxo das ondas marulhando segredos meus. Depois vaguei descalça pela areia um longo percurso, em enclausurada...

4

Prisioneiros

A liberdade se perdeu dos sentimentos transviou-se. Busca-se, em vão, libertá-la do emaranhado de teias onde se prendeu. A liberdade se perdeu. Agarrou-se às amarras do dever, sujeitou-se às imposições do poder. Prendeu-se na...

19

A Liberdade em Eros

A Liberdade em Eros “O que fazemos por amor sempre se consuma além do bem e do mal”, disse Nietzsche. “O que fazemos por coerção”, escreve Kant, “não o fazemos por amor”.  E Comte-Sponville...