Prisioneiros

Veja também:

4 Comentários

  1. A liberdade se perdeu.
    “Agarrou-se às amarras do dever,
    sujeitou-se às imposições do poder”.

    A liberdade é quase que impossível num mundo em que os bens materiais são mais importantes que os bens espirituais. A liberdade do homem só pode ser completa quando Deus está no comando de sua vida.
    Ao contrário, a liberdade que se busca no intelecto está sempre segura pelas correntes do ego.
    O ser só é livre, quando se desprende de si mesmo.

  2. Walter Hauer disse:

    Leila, liberdade numa cleptocracia, é votar na marra, para garantir a farra destas porcarias. Liberdade pagando 50% de imposto, que desgosto, esta promiscuidade financia a cruel impunidade. Leila estou esperando um comentário seu sobre o meu blog. É bom você conhecer o que está acontecendo com as florestas do Pr. e do Br. afora. Seria muito bom, e é possível ajudar com o teu talento e, assim, cruzar o conhecimento para não ficar de mão única, e a crítica como o elogio ficam mais sinceros. Abraço. blog mataalheiamamatanossa.blogspot.com

  3. Angela M Kehdi disse:

    Leila, como sempre suas poesias são comoventes e nos transportam para o transcendente. Essa liberdade perdida de todos nós, essa busca incansável de todos nós, está nas linhas lindamente traçadas de seus poemas. Maravilhoso.

  4. Leticia Pinheiro disse:

    A liberdade faz parte dos nossos sonhos, que transformamos numa grande peça de teatro que do fim só sabemos a morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



= 5 + 7