O ensaísta crítico Antonio Candido

Veja também:

4 Comentários

  1. Vadilson Tavares Brauna disse:

    Analisando o texto, pude compreender que o crítico Antônio Cândido foi um dos responsáveis pela transformação da crítica brasileira, não tanto através de métodos e sim intuição, pois o mesmo analisava algumas obras fazendo comparações com suas funções e a vida social.
    Portanto, O que admiro no mesmo é ele dizer, mesmo que indiretamente, que não dar pra ficar focado somente em metodologias e sim admirar no profundo de uma obra suas funções e qualidades, prova disso é quando ele diz: o que formou a minha mentalidade, e portanto o meu espírito crítico, foram, em primeiro lugar, o ambiente de minha família, marcado por pai e mãe muito cultos e por uma ótima biblioteca.

  2. Geane Bertolo disse:

    O que particularmente me chamou atenção nesta entrevista foi a menção que o crítico Antônio Cândido fez em relação ao que ele considera ter sido o início da sua mentalidade e desenvolvimento de um espírito crítico em virtude de conviver com pessoas cultas (seus pais), em um ambiente altamente letrado e alfabetizador. Posteriormente sua formação acadêmica coroaram de êxito o tenro leitor.

  3. Leila Brito disse:

    Vadilson…
    Não à toa Antônio Cândido é insuperável.
    Volte sempre.
    Abraço,
    Leila

  4. Leila Brito disse:

    Geane…
    Sim, Geane.
    O insuperável Antônio Cândido recebeu da vida a dádiva de possuir pais letrados.
    Sorte rara neste Brasil cuja população pobre mas inteligente é sempre abandonada à própria sorte.
    E numa única chance que teve de alcançar instrução superior nos GFs petistas, foi ultrajada e parte assassinada pelo GF Fascista que a elite do dinheiro pôs no poder após golpear o GF Dilma e prender o Ex-presidente Lula. Felizmente, enfim ele voltou ao poder.
    Grata pela avaliação.
    Abraço,
    Leila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



= 5 + 0