Tagged: morte

0

Diante da Lei

FRANZ KAFKA
Diante da Lei há um guarda. Um camponês apresenta-se diante deste guarda, e solicita que lhe permita entrar na Lei. Mas o guarda responde que por enquanto não pode deixá-lo entrar. O homem reflete, e pergunta se mais tarde o deixarão entrar.
– É possível – disse o porteiro –, mas não agora. 
A porta que dá para a Lei está aberta, como de costume; quando o guarda se põe de lado, o homem inclina-se para espiar. O guarda vê isso, ri-se e lhe diz:
– Se tão grande é o teu desejo, experimenta entrar apesar de minha proibição. Mas lembra-te de que sou poderoso. E sou somente o último dos guardas. Entre salão e salão também existem guardas, cada qual mais poderoso do que o outro. Já o terceiro guarda é tão terrível que não posso suportar seu aspecto.
Ver mais…

0

Confissão

LEILA BRITO
A dor adormeceu no berço da minha criança
deixei no porão da infância os meus medos
as assombrações já não me assustam
e já são outros os meus segredos. 
Ver mais…

0

A Visão Apocalíptica de Bukowski

DINOSAURIA, WE
CHARLES BUKOWSKI

nascido assim
nisso

como o giz de faces sorridentes
como a Sra. Morte às gargalhadas
como as paisagens políticas dissolvidas
como o peixe oleoso cuspido
fora de sua oleosa vítima.

nós nascemos assim
nisso

Ver mais…

0

A morte é o “dexistir” do eu

A MORTE É O “DEXISTIR” DO EU ERIK HAAGENSEN GONTIJO Quando o corpo se desliga e tem início sua decomposição, chega ao fim o processo que chamamos de mente e que decorre do funcionamento...

0

Novamente…

ESTRADA HUM Esta estrada não tem roteiro Não tem mapa nem descrições turísticas. Esta estrada não tem porta Não tem ida e não tem volta. Esta estrada que lhes falo Fala da vida e...

1

Vídeo da Semana

O escritor português José Saramago dispensa apresentação da mesma forma que dispensa elogios a sua valiosa obra que reúne o que de mais rico e singular existe na expressão literária da Língua Portuguesa. A...

13

Filosofando sobre o direito à morte

A Morte de Sócrates FILOSOFANDO SOBRE O DIREITO À MORTE LEILA BRITO A gente morre para provar que viveu. GUIMARÃES ROSA … E tudo na Vida se resume na Morte. Nascemos para viver, mas...