Crônicas de Viagem (I)

Veja também:

10 Comentários

  1. Larissa disse:

    Tia, adorei! Me senti no trem, enquanto lia.

  2. Leila Brito disse:

    Que bom Larissa! Depois da tempestade, vem a bonança… rs

    É isso aí… Ainda virão outras aventuras vividas nesta minha maravilhosa viagem à Europa.

    beijo…
    Tia Leila

  3. Luana Simonini disse:

    Ahhhhhhhhhh, que delícia!
    Não me pergunte como, mas a crônica me lembrou de um filme super querido da infância: Os Deuses devem estar loucos – http://www.youtube.com/watch?v=XMlTZHg9Z6o
    Os diálogos e o choque cultural.
    Mas, cá pra nós, o que fica mesmo é que a linguagem maternal é universal.

    Quero mais histórias!
    Cadê?

    Beijo grande,
    Luana

  4. Leila Brito disse:

    Querida Luana…

    É bater o olho em tudo que você escreve (pelo menos o que já li), e o que se vê (na minha visão apurada de professora de Técnica de Literatura) é um manancial de talento suplicando para ser explorado.

    Quem está esperando mais histórias soy Yo! rs

    besito…
    Leila

  5. Leila Brito disse:

    Luana…

    “Os deuses devem estar loucos” é um filme simplesmente MA-RA-VI-LHO-SO!…

    Penso que essa sua relação analógica com a minha crônica tem a ver com o casal de nigerianos numa vivência desafiadora com a cultura ocidental. Realmente, é um choque cultural impactante.

    Diante de sua lembrança, sinto uma vontade urgente de revê-lo.

    Grata pela contribuição cultural. Fica a indicação para quem ainda não conhece essa Obra de Arte cinematográfica.

    beijo…
    Leila

  6. Maria Regina disse:

    Puxa, eu já tenho um certo trauma de infância com
    viagem de trem por causa dos lugares chatos que
    passei e do longo percurso.
    Acho que isso aumentou o suspense…
    Boa crônica!

  7. Volnei disse:

    Apalermado, é meu estado.
    Minha vontade é de seguir no trem!

  8. Leila Brito disse:

    Vôlnei…

    Que bom reencontrá-lo aqui!
    Estava saudosa desse meu querido leitor.
    Volta sempre.

    Abraço…

  9. João disse:

    Que interessante. Talvez não se lembre de mim, mas te liguei hoje cedo para saber sobre a revisão da minha dissertação. Muito legal sua forma de escrever, pois prende a atenção das pessoas até o final. Abraços.

    João Couto

  10. Leila Brito disse:

    Caro João…

    Interessante, digo eu, é o seu gesto de aceitar meu convite e tomar esse chá comigo, e ainda, deixar-me esse comentário de presente.
    Mais que interessante, é surpreendente!

    Obrigada pelo carinho.

    Leila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



= 5 + 3