Uma prosa do João

Veja também:

2 Comentários

  1. De:JOÃO DE ABREU BORGES

    A nação brasileira, o país onde vivemos, a cultura que estamos ainda construindo há cinco séculos, está literalmente nas nossas próprias mãos. Precisamos todos sair de dentro de nós e darmos exemplo às outras nações que as diferenças, sejam de que ordem for, são complementares e confirmam seus opostos, já que em nosso sangue pátrio correm glóbulos italianos, alemães, portugueses, africanos, indígenas etc.

    E a maior representação prática de que tanta diversidade pode obter êxito e alcançar sua plenitude é através da prática da escrita, do exercício literário e da comunhão coletiva de bens espirituais compartilhados.

    João de Abreu Borges extrai da experiência artística e de vida, o material necessário para mostrar sua filosofia de vida e sua ideologia social em seus versos ritmados.

    Grata Mestra
    Marilda Oliveira

  2. Leila Brito disse:

    Marilda,

    Obrigada pela simpática e constante presença no Chá.com Letras, e sempre com comentários enriquecedores do conteúdo dos post’s.

    Abraço amigo,
    Leila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



= 5 + 4